Entrem e fiquem a vontade!

Olá queridos amigos! Esta página é um presente. Nela estão contidos sorrisos, amores, momentos inesquecíveis, expectativas e tantas outras dádivas. Comentem, compartilhem. Um abração da Trupe.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Step Up

Step Up é um filme mostra a dança com muita originalidade. Com jovens, belos e talentosos atores dotados de múltiplos vocações. Interessante ressalta que fora do Brasil, principalmente nos EUA, a formação dos atores engloba canto, interpretação, dança. Como disse Daniel Ghivelder outro dia em um workshop, o último ator da última fileira em um espetáculo simplesmente canta muito, dança muito e é ótimo ator.

Muitas vezes aqui no Brasil vemos algum preconceito a respeito, tipo:

-Você é ator?
-Sou. E dançarino também.
-É ator ou dançarino?

Às vezes acham que a pessoa está mentindo, tentando ser "tudo", tentando "aparecer". Vergonhosa essa visão, mas creio que temos mudado isso, visto o grande sucesso dos musicais no Brasil na atualidade.

Ainda há pessoas que olham para a profissão de ator, dançarino, bailarino, cantor, e tantas outras artes, como se fosse somente um hobby.

Me lembro de algumas perguntas assim:

-E aí? O que você anda fazendo?
-Teatro.
-Tá. Mas trabalho. Em que você tá "trabalhando" mesmo?

Como dizia Dercy Gonçalves, na época dela quem era atriz era prostituta. Hoje já melhorou muito... mas ainda assim, muitas vezes o ator é marginalizado, e muitas vezes só reconhecido se for contratado de uma emissora de televisão.

Graças a Deus o mercado tem crescido muito, o cinema brasileiro tem despontado, as produtoras tem lançado, séries, curtas, médias, longas... muito tem sido feito por tantos profissionais para avanço cultural do povo brasileiro.

O teatro continua com sua luta por patrocínios e apoios. Os investimentos de artistas e profissionais apaixonados por sua profissão simplesmente geram essa latente veia de sensibilidade criativa, para que a arte seja introduzida na educação de forma mais presente, e para que tenhamos um povo mais aberto, mais evoluído, mais inteirado a respeito dessa classe tão maravilhosa de artistas que recheia esse múltiplo país.

Para quem gosta de dança eu indico.

Eu sou suspeita pois amo a arte da dança e suas belas e intensas interpretações.

Step Up é trazido no Brasil como Ela Dança, Eu Danço.


Um Trupe Abraço!!!!!!

Dançar é uma terapia libertadora! DANCE!